themis TJ detalheTêmis era filha de Gaia e prima de Nêmesis. Ambas foram entregues aos cuidados das Deusas Moiras (Cloto, Laquésis e Atropo) para escapar da ira de Urano, pai de Têmis.

As Deusas Moiras lhes ensinaram tudo sobre a ordem cósmica e natural das coisas; e a importância de zelar pelo equilíbrio. As Moiras são as Deusas do destino, tanto dos homens; quanto dos Deuses e suas decisões não podem ser transgredidas por ninguém. Têmis e Nêmesis foram criadas como irmãs, sendo Têmis a Deusa da justiça e Nêmesis a Deusa da retribuição.

Têmis não representa a matéria em si, mas a qualidade da terra, significando sua estabilidade, solidez e imobilidade.

Têmis se comunicava com a humanidade através dos oráculos. O mais famoso da Grécia Antiga era o Oráculo de Delfos. Há quem afirme que Têmis é o próprio princípio oracular, motivo pelo qual Têmis tinha máxima ligação com a questão das previsões oraculares e, no fundo, representa a boca oracular da terra, a própria voz da terra. Em suma, Têmis é a terra falando.

Seu adversário no Olimpo era Ares, o deus da guerra cujo o apetite por violência e sede de sangue não conhecia limites. Têmis se opunha por motivos de ordem ambiental, temendo que a guerra reduzisse a população humana (parece que estava equivocada).

Têmis foi a segunda esposa de Zeus e com este teve os seguintes filhos:

Horas (ou Estações): são as filhas de Têmis e Zeus e estão ligadas à progressão ordenada do tempo na natureza como ordenação natural do cosmo: inverno e depois primavera, dia depois a noite, uma hora após a outra. Herdaram da mãe a balança e passaram a representar a constelação de Libra. Entre as Horas, destacam-se as mais velhas: Irene (paz), Dike (justiça) e Eumônia (disciplina). Estão ligadas à legislação e à ordem natural das coisas, sendo uma extensão dos atributos de Têmis. Dike elucida o lado ético do instinto, a voz miúda e calma no seio do impulso. Dike para a humanidade é a função de base instintival muito sintônica com o que chama de “instinto para reflexão”.

Astreia: virgem protetora da humanidade e que simboliza a pureza e a inocência e a também a justiça, passou a ser representada pela constelação de Virgem.

Em referências da antiguidade Grega, os pesquisadores não encontraram Têmis de olhos vendados, acreditando que isso tenha sido agregado posteriormente. Como a Justiça não deve e não pode ser cega, neste saite, preferimos a figura desvendada.

Considerando o que a simbologia de Têmis representa (de deusa; divindade; mãe da verdade de todas as coisas; mãe da paz; mãe da justiça; mãe da pureza; mãe da inocência), o Editor deste saite elegeu, além do direito, os diversos assuntos para abordagens paralelas: sociologia, política, religião, filosofia, economia, psicologia, psiquiatria, ecologia, meio ambiente, biologia, medicina, ética, língua portuguesa, língua alemã, mitologia, parapsicologia, ufologia, misticismo e esoterismo.

Para saber mais, acesse a fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Themis


Este saite recebeu

  • 135,688 visitas desde 29/08/09

%d blogueiros gostam disto: